Pular para o conteúdo principal

O lado bom da vida

Cara, tá bem difícil respirar com esse nariz entupido o dia todo, meus olhos lacrimejando, corpo dolorido, frio, tosse, rouquidão e a amiga imunidade baixa que não me deixa tomar um sereno sem ficar resfriada. Estava pensando no que seria de mim se fosse acometida por uma doença realmente grave!
Esse pensamento não surgiu de mim (valeu aí, Deus!) porque foi um tapa na cara! E não, esse não será um post de autoajuda. Relaxa!


Já parou pra pensar como é chato ficar na presença de gente que só reclama? O dia fica sem graça porque eles não vêem nada de bom. Seu humor fica afetado. Daqui a pouco é você quem está reclamando. E, falando sério, nós temos mania de insatisfação! Se faz sol, tá muito quente, se chove, podia fazer sol...

O livro de Eclesiastes fala bem sobre esse tema:

Pensei comigo mesmo: Vamos. Vou experimentar a alegria. Descubra as coisas boas da vida! Mas isso também se revelou inútil.Concluí que o rir é loucura, e a alegria de nada vale.Decidi-me entregar ao vinho e à extravagância; mantendo, porém, a mente orientada pela sabedoria. Eu queria saber o que valesse a pena, debaixo do céu, nos poucos dias da vida humana.Lancei-me a grandes projetos: construí casas e plantei vinhas para mim.Fiz jardins e pomares, e neles plantei todo tipo de árvore frutífera.Construí também reservatórios para regar os meus bosques verdejantes.Comprei escravos e escravas e tive escravos que nasceram em minha casa. Além disso tive também mais bois e ovelhas do que todos os que viveram antes de mim em Jerusalém.Ajuntei para mim prata e ouro, tesouros de reis e de províncias. Servi-me de cantores e cantoras, e também de um harém, as delícias do homem.Tornei-me mais famoso e poderoso do que todos os que viveram em Jerusalém antes de mim, conservando comigo a minha sabedoria.Não me neguei nada que os meus olhos desejaram; não me recusei a dar prazer algum ao meu coração. Na verdade, eu me alegrei em todo o meu trabalho; essa foi a recompensa de todo o meu esforço.Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara para realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há qualquer proveito no que se faz debaixo do sol.Eclesiastes 2:1-11
Salomão, o autor deste livro, foi um dos homens mais poderosos da história da humanidade, ele tinha tudo o que queria, era próspero, abençoado, era o que nós gostaríamos de ser! Mas ao lermos o livro de Eclesiastes percebemos que ele fala sempre dessa insatisfação quase que incontrolável, tudo é resumido como vaidade, coisa fútil, passageira, correr atrás do vento.

Há uma explicação pra essa insatisfação: o mundo e suas tantas coisas finitas nunca satisfarão almas infinitas. Creia você ou não, a vida não se resume apenas ao que vivemos nesta terra.

Embora tentados à reclamar e requerer, há uma maneira de aliviar esse fardo de insatisfação! Jesus disse: "Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve".
Mateus 11:28-30

Ter Cristo em nossas vidas nos faz enxergar a vida com outros olhos, Ele nos ensina que há graça nas pequenas coisas e contentamento mesmo quando passamos por dificuldades. Há satisfação! E isso Ele oferece sem pedir nada em troca, é de graça! Ouvimos dizer sobre pessoas que encontram alegria em seus próprios pensamentos, seus vícios disfarçados ou em algum tipo de devoção mas nunca às vemos satisfeitas, sempre precisam entregar algo em troca dessa sensação, seja esse algo uma penitencia, bem material, ou mesmo oferecer seus corpos para serem recipientes de boas vibrações. Em Cristo não há condições, ele é quem chama "Venham a mim... e eu lhes darei...", nada do que tentarmos fazer será considerado moeda de troca para que Ele nos dê algo, o mais importante Ele já nos deu! A esperança de uma vida eterna de prazeres que nos satisfarão verdadeiramente! Não há nada maior, não há promessa mais linda e tampouco mais real que essa de que "Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele."
João 3:16,17

Mas porque será então que vemos tantas pessoas que nem ligam pra Deus se darem bem na vida enquanto nós ficamos pra trás? Sofrendo, perecendo, perdendo tudo o que conseguimos com muito suor, ficando gripados?! kk A bíblia também tem resposta pra isso! 
Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração.Quanto a mim, os meus pés quase tropeçaram; por pouco não escorreguei.Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios.Eles não passam por sofrimento e têm o corpo saudável e forte.Estão livres dos fardos de todos; não são atingidos por doenças como os outros homens.Salmos 73:1-5 ...Quando tentei entender tudo isso, achei muito difícil para mim,até que entrei no santuário de Deus, e então compreendi o destino dos ímpios.Certamente os pões em terreno escorregadio e os fazes cair na ruína.Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor!São como um sonho que se vai quando a gente acorda; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer.Salmos 73:16-20 ...A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti.O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.Os que te abandonam sem dúvida perecerão; tu destróis todos os infiéis.Mas, para mim, bom é estar perto de Deus; fiz do Soberano Senhor o meu refúgio; proclamarei todos os teus feitos.Salmos 73:25-28

 Assim, depois de cair na real de que nem de longe meu momentâneo sofrimento se compara à glória que há de vir, agradeci a Deus porque isso era um lembrete de que há algo maior reservado pra mim e por isso eu não tenho motivos para reclamar. A vida tem um lado pra lá de bom, tão pra lá que é na eternidade! Você já tentou medir a eternidade?!


Que Deus nos abençoe!
Mari

Comentários

  1. Nossa Mari, eu estava falando sobre isso no meu blog! Mas de outra maneira, muitas vezes as pessoas estão na fossa da tristeza, e esquecem que Cristo está ao lado delas.

    http://livingtoholiness.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!!
Sinta-se livre para expressar sua opinião sobre o que leu aqui, queremos mesmo saber o que você pensa!
Muito obrigada pela visita e pelo comentário!
Deus te abençoe! ♥
DAC

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…