Pular para o conteúdo principal

Vírgula


Sinal gráfico de pontuação (, ) que indica pausa ligeira. Minha professora dizia que indicava a hora de respirar. Aquele momento pra ler antes de falar, pra não se atrapalhar.

Quantos momentos de vírgulas nós temos na vida! Às vezes queremos pular ela e nos atrapalhamos no sentido de toda a frase. 
Quem sabe você esteja num desses momentos, você olha pra tudo e a única coisa que sabe fazer é permanecer parado esperando o momento de continuar a frase. As coisas não parecem ser como antes, será que você se esfriou? Não será mais como antes? Todo aquele desejo e ser e fazer diferente, de assumir seu papel. Quando foi que você avistou a vírgula e fez dela um ponto?


"Não dá pra fazer isso agora, vou deixar pra depois." "Não consigo." "Preciso respirar." "Não posso mais.", e de vírgulas vamos à reticencias, pontos finais que não deveriam estar onde estão. Deixamos de ouvir o Contador e Autor das histórias, nos afastamos mesmo estando perto, nos perdemos nos rascunhos que fazemos porque não lembramos o tema, está tudo tão confuso!

Querido Autor, põe sua mão sobre as nossas e escreve o final da frase, essa nossa pausa ligeira nem sempre é o que parece, não é pra tomar impulso, é cansaço por tudo e por nada, é olhar pra dentro de nós e não querer sair mais. É o silencio mais gritante, é a mão levantada pra te devolver a tinta e a pena. Queremos voltar onde estávamos, queremos a certeza do que virá, queremos a esperança que deixamos lá, antes da vírgula. Se houverem pausas, que sejam quando quiseres e não por acalentarmos o desejo de olhar pra trás. Que sejas Tu o que nossos olhos procuram desesperadamente, que sejas o tema da nossa história e iremos contar que seus versos se completam enquanto contam sobre o caminhar de passadas às vezes descompassadas mas vivas! Vida que transborda da fonte. Vida eterna. Amém. 

Pois nessa esperança fomos salvos. Mas esperança que se vê não é esperança. Quem espera por aquilo que está vendo? Mas, se esperamos o que ainda não vemos, aguardamo-lo pacientemente. Rm 8:24-25


"No desapontamento, a esperança nasce e vivo o presente independentemente do que passou."

Mari


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Se não fosse o Senhor

Última semana de dezembro, você olha para trás e lembra de tudo o que já te aconteceu, faz uma retrospectiva de todos os fatos, desde que fez menção aos "Planos para 2011"; por fim você só pode dizer uma frase:
"Se não fosse o Senhor..."