Pular para o conteúdo principal

Páscoa?!


A paz do Senhor amados!



Já é a nossa segunda páscoa aqui no blog (como o tempo passa néh!)!
Mais uma vez a data nos faz voltar a uns 2000 anos atrás, quando nosso Jesus sofreu tanto para nos trazer a salvação. Pesquisas já feitas mostraram que homens comuns não aguentariam o que Ele aguentou, provavelmente desmaiariam de dor ou morreriam durante o caminho, mas ele se manteve, se por suas forças ou pelas do Pai, não sei, mas sei que Ele pagou um preço que eu provavelmente não pagaria, sofrer por quem não te quer bem não é tido como normal, ou lógico, não entendemos tanto amor e misericórdia de Deus para conosco.

A páscoa é tida por muitas denominações como um mero ritual, como uma lembrança, muitos fazem encenações, sofrem e choram, mas nada muda realmente, não estou dizendo que é errado fazer teatros ou coisas assim, eles são justamente para que relembremos um pouco de como foi o grande caminho de sofrimento e tortura que Jesus passou por nós, mas isso não é suficiente se apenas pararmos para refletir nesse tempo e não quisermos então uma vida de maior santificação, de mais entrega.

A palavra Páscoa (como vocês sabem) significa 'passagem': da vida para a morte, do velho para o novo. Viver essa passagem é escolha sua, você decide tomar a cruz e seguir pelo mesmo caminho ou ficar só na mordomia dos chocolates. Chocolates são gostosos, presentear e ser presenteado também, mas não é o mais importante. Lembre-se disso nessa páscoa:

Jesus nasceu por você...
E morreu para te salvar,
Mas ressuscitou para te dar Vida Eterna!




 Deus abençoe sua páscoa!
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o coração que se partiu e ainda bate

Querido leitor, hoje quero falar sobre algo tão corriqueiro dos nossos dias e que ao mesmo tempo é crucial. Vivemos tão ocupados e enlouquecidos com as nossas rotinas e não nos damos conta do porque fazemos o que fazemos, não é?! Longe de querer ser clichê com esse assunto, escrevo com todo o temor que há no meu coração.
 Quantas vezes ao longo dessa estrada que é viver nos deparamos com inúmeras situações, algumas já planejadas por nossas ambições, outras, no entanto parecem cair como uma bomba na nossa direção e que inevitavelmente explode nos machucando, tirando a nossa paz e segurança. E sabemos que entre essas duas opções, as que mais acontecem são as que nos ferem, seja em forma de perda, ansiedade, relacionamentos, profissão, igreja, ministério, sonhos! Ah! Querido leitor, são tantas coisas que enfrentamos no cotidiano, tenho certeza que dariam ótimas histórias para o livro da vida.
O que desejo tratar aqui é o porquê de algumas aflições, afirmo que não tenho resposta para todas …

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D