Pular para o conteúdo principal

Páscoa?!


A paz do Senhor amados!



Já é a nossa segunda páscoa aqui no blog (como o tempo passa néh!)!
Mais uma vez a data nos faz voltar a uns 2000 anos atrás, quando nosso Jesus sofreu tanto para nos trazer a salvação. Pesquisas já feitas mostraram que homens comuns não aguentariam o que Ele aguentou, provavelmente desmaiariam de dor ou morreriam durante o caminho, mas ele se manteve, se por suas forças ou pelas do Pai, não sei, mas sei que Ele pagou um preço que eu provavelmente não pagaria, sofrer por quem não te quer bem não é tido como normal, ou lógico, não entendemos tanto amor e misericórdia de Deus para conosco.

A páscoa é tida por muitas denominações como um mero ritual, como uma lembrança, muitos fazem encenações, sofrem e choram, mas nada muda realmente, não estou dizendo que é errado fazer teatros ou coisas assim, eles são justamente para que relembremos um pouco de como foi o grande caminho de sofrimento e tortura que Jesus passou por nós, mas isso não é suficiente se apenas pararmos para refletir nesse tempo e não quisermos então uma vida de maior santificação, de mais entrega.

A palavra Páscoa (como vocês sabem) significa 'passagem': da vida para a morte, do velho para o novo. Viver essa passagem é escolha sua, você decide tomar a cruz e seguir pelo mesmo caminho ou ficar só na mordomia dos chocolates. Chocolates são gostosos, presentear e ser presenteado também, mas não é o mais importante. Lembre-se disso nessa páscoa:

Jesus nasceu por você...
E morreu para te salvar,
Mas ressuscitou para te dar Vida Eterna!




 Deus abençoe sua páscoa!
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Se não fosse o Senhor

Última semana de dezembro, você olha para trás e lembra de tudo o que já te aconteceu, faz uma retrospectiva de todos os fatos, desde que fez menção aos "Planos para 2011"; por fim você só pode dizer uma frase:
"Se não fosse o Senhor..."