Pular para o conteúdo principal

Vida Devocional #03

A paz do Senhor amados!
Como vão???
Vamos continuar a nossa série?

Hoje falaremos sobre mais um ponto importante na vida dos cristãos! =)




Pode parecer óbvio, mas muitos de nós aprendemos que o lugar de orar é na Igreja, não estão acostumados a desenvolver um relacionamento com Deus.

Pense comigo:
Sabe aquele seu melhor amigo? Como vocês se tornaram tão íntimos? Foi através de longas e sinceras conversas, vocês nunca saberiam tanto um sobre o outro se não se conhecessem. Com Deus é a mesma coisa, é preciso conversar, não só no domingo ou nos dias de culto, mas em todo tempo e em todo lugar, por isso Deus é onisciente (sabe de todas as coisas, inclusive nossos pensamentos), você não vei levantar do seu lugar no ponto de ônibus e gritar: "Aleluia Deus!!! O ônibus chegou!!! O Senhor é fiel!". Todos vão estranhar e você vai ficar com o papel de descontrolado, mas agradeça, mesmo em pensamentos.

Converse com Ele em todo tempo, louve pelo alimento, pelos amigos verdadeiros, pela sua família, pela sua vida, todos temos motivos de sobra para agradecer e quando agradecemos estamos dando pouca importância para os probleminhas e ressaltando as dádivas.

Sei bem que todos temos dias muito corridos e que nem sempre conseguimos parar para um longo momento de oração, mas sempre que isso vier a acontecer, esqueça todo o resto e ore, tire um momento para uma conversa mais franca, e faça o possível para que aconteça todos os dias.

A oração é a mais clara atitude de que temos um coração grato, e como isso é bom para nós mesmos (como adoradores) e também para o mundo ao nosso redor que está tão cheio de ingratidão e insatisfação.

Ore, quando não souber o que fazer e quando souber. Ore, quando tem as respostas e quando não tem. Ore, porque orar é prestar atenção em Deus, é se aconchegar nos braços dEle. E ore mesmo sem palavras, porque Ele sabe o que você quer dizer! =)

Orai sem cessar. 1 Tessalonicenses 5:17


Deus abençoe sua vida!
Bjoos
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o coração que se partiu e ainda bate

Querido leitor, hoje quero falar sobre algo tão corriqueiro dos nossos dias e que ao mesmo tempo é crucial. Vivemos tão ocupados e enlouquecidos com as nossas rotinas e não nos damos conta do porque fazemos o que fazemos, não é?! Longe de querer ser clichê com esse assunto, escrevo com todo o temor que há no meu coração.
 Quantas vezes ao longo dessa estrada que é viver nos deparamos com inúmeras situações, algumas já planejadas por nossas ambições, outras, no entanto parecem cair como uma bomba na nossa direção e que inevitavelmente explode nos machucando, tirando a nossa paz e segurança. E sabemos que entre essas duas opções, as que mais acontecem são as que nos ferem, seja em forma de perda, ansiedade, relacionamentos, profissão, igreja, ministério, sonhos! Ah! Querido leitor, são tantas coisas que enfrentamos no cotidiano, tenho certeza que dariam ótimas histórias para o livro da vida.
O que desejo tratar aqui é o porquê de algumas aflições, afirmo que não tenho resposta para todas …

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D