Pular para o conteúdo principal

Onde estão os cristãos?



Eu fico pensando, como seria bom se todas as pessoas conhecessem Jesus, não digo conhecer por nome, mas conhecer de verdade, ter um encontro com Ele, sentir a sua presença de uma tal forma a ponto de querer servi-lo e adora-lo pra sempre e não querer mais fazer as coisas erradas que fazia antes, mas sim seguir os seus mandamentos... Mas essa não é a realidade, infelizmente! Porque será que isso acontece? Será que não existe mais quem possa falar de Jesus? Pra onde foram todos os cristãos? Nós estamos aqui, em todo lugar, desfrutando da nossa vida maravilhosa com Cristo e não compartilhando nada disso... Enquanto deveríamos estar por ai falando Dele, contando quem Ele é, o que ele fez na nossa vida e o que ele pode fazer na vida de qualquer pessoa, como diz na sua própria palavra em Salmos 96: 1 e 2, "Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome; anunciai de dia em dia a sua salvação. ³Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos as suas maravilhas.", porque Deus é Maravilhoso e é essa a nossa missão, reproduzir os teus ensinamentos, evangelizar, mostrar, falar, gritar se for preciso, que Deus é amor e que Ele é o Criador de tudo e de todos e o único com o poder de salvar... Eu fui salva, por imensa graça Dele, porque não merecia esse amor, mas Ele é o dono da nossa vida, como não ama-lo? Como não amar quem morreu na cruz por mim e por você pra assumir a culpa dos nossos pecados? Eu como uma humana miserável e pecadora não tenho a capacidade de compreender tamanho amor... Eu só sei que todos precisam ver isso, não para a sua própria alegria, mas para que o nome de Jesus seja exaltado, nos céus, na terra e debaixo na terra! Vamos cristãos! Nós estamos aqui, as pessoas precisam nos ver, precisamos fazer a diferença, precisamos ser sal e luz onde quer que formos, porque fomos criados pra isso, pra glorificar o nome do Senhor, do nosso Imenso Senhor!
                                                                                                                    Um beijo, Poli ♥

Comentários

  1. Realmente, muitas vezes parece que somos os únicos
    Gostei muito do seu texto
    Beijos Nath
    http://blogdacantini.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Poisé Nath rs, Obg Deus abençoe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!!
Sinta-se livre para expressar sua opinião sobre o que leu aqui, queremos mesmo saber o que você pensa!
Muito obrigada pela visita e pelo comentário!
Deus te abençoe! ♥
DAC

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Cartas para o coração: Quando se sentir sozinha...

Estou há um mês e meio morando fora de casa. Tenho 20 anos e isso nunca aconteceu antes, era difícil conseguir permissão para dormir na casa "dazamigas", então morar em outro estado foi um divisor de águas na minha casa, minha família e minha vida! Sou do interior de São Paulo e precisei me mudar para a capital do Rio de Janeiro para estudar no Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (atual Faculdade Batista do Rio de Janeiro). Até chegar onde estou muitas coisas aconteceram e, se Deus quiser, um dia contarei com mais detalhes para vocês! Ainda estou num tempo de adaptação e com certeza sou um bebê no quesito "experiência", é cedo pra falar do que estou começando a aprender! Hoje, porém, gostaria de falar o que eu gostaria de ouvir antes de vir pra cá e mesmo antes de qualquer situação em que eu me sentiria sozinha mesmo no meio de tantas pessoas, sem propósitos mesmo com tantas responsabilidades. 

A Cabana - A Perda da Arte do Discernimento Cristão

"O mundo editorial vê poucos livros atingirem o status de "sucesso". No entanto, o livro A Cabana, escrito por William Paul Yong, superou esse status. O livro, publicado originalmente pelo próprio autor e dois amigos, já vendeu mais de dez milhões de cópias e já foi traduzido para mais de trinta idiomas. É, agora, um dos livros mais vendidos de todos os tempos, e seus leitores estão entusiasmados.

De acordo com Young, o livro foi escrito originalmente para seus próprios filhos. Em essência, ele pode ser descrito como uma teodicéia em forma de narrativa – uma tentativa de responder à questão do mal e do caráter de Deus por meio de uma história. Nessa história, o personagem principal está entristecido por causa do rapto e do assassinato brutal de sua filha de sete anos, quando recebe aquilo que se torna uma intimação de Deus para encontrá-lo na mesma cabana em que a menina foi morta.
Na cabana, "Mack" se encontra com a Trindade divina, onde Deus, o…