Pular para o conteúdo principal

Você é alguém por quem morrer

Você olha para o espelho e não exerga nada além de uma vida frustrada, está insatisfeita com sua família, com sua religião, com seus amigos, tudo é motivo para murmuração, todos são culpados, e o pior disso é que você se vê como a mais errada em tudo. O namoro não deu certo por sua causa, ou a sua família está desestruturada por sua causa, a igreja não vai bem porque você está lá, você se vê como a pior pessoa do mundo, a mais sem graça ou chata, e mesmo que você tenha fé em algo superior, ainda acha isso um tanto vazio ou irrelevante.
Mas hoje, mesmo que você ache que você é a razão de tudo estar tão ruim e que se não tivesse nascido seria bem melhor, eu quero te dizer que não é bem assim. Você é alguém por quem morrer.



Você pode me dizer que já ouviu milhões de vezes o que eu vou falar ou talvez essa seja a primeira vez, mas gostaria realmente que você entendesse que um dia alguém foi capaz de morrer por você, mesmo sabendo de suas fraquezas e limites. A bíblia diz:
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3, 16)
Deus enviou Jesus para morrer por você e é só por isso que hoje você pode criar um relacionamento com Deus, é por isso que se diz que hoje temos livre acesso à Deus, antes somente sacerdotes podiam estar na presença de Deus, mas hoje não, todos podemos. É maravilhoso saber que temos em quem confiar, que existe alguém que não olha o nosso exterior, os nossos erros e limitações, mas olha os nossos corações (1 Samuel 16, 7 ) e está sempre de braços abertos para nos receber e nos ajudar a trilharmos o caminho certo.
O amor de Deus por nós é tão grande que Ele se importa até com os mínimos detalhes, Ele não quer para nós uma vida sem sentido, mas uma vida plena e em abundância, e você só terá isso quando se decidir por Ele, não é certo que todos os caminhos levam à Deus, mas somente há um caminho e ele se chama Jesus, Ele mesmo disse:  "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. (João 14, 6)"
Ele é O Caminho, e não um dos caminhos, a verdadeira alegria está em Jesus e nEle você terá a paz que tanto necessita, a paz que excede todo entendimento (Filipenses 4, 7), mesmo em momentos difíceis você terá um refúgio, um abrigo seguro, Deus é esse abrigo, você é especial, você é amada (o) por Ele  e sim, você é alguém por quem morrer. Você vale o sangue que Jesus derramou na cruz, você é preciosa, não deixe que o Inimigo de Deus te faça pensar que você não tem valor ou importância, mas deixe o Espírito Santo falar todos os dias ao se coração que você nasceu para um grande propósito aqui na Terra. Talvez você seja a única cristã da sua família ou da sua roda de amigos, ou talvez você ainda nem saiba o que seguir, mas saiba que você tem um chamado, Ele disse: "Vós sois a luz do mundo (Mateus 5, 14)". O seu chamado é ser luz, transmitir o amor de Deus, esse amor que salva, purifica e transforma. Não rejeite o chamado. Você é importante para Deus e um dia você poderá estar no céu junto dEle! Creia nisso!



Deus abençoe sua vida!
Abraços!
Mari


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…