Pular para o conteúdo principal

Quebrantado

Um impulso a mais. Era o que eu precisava nos últimos dias. Todos em algum momento param pra respirar, mas muitos se esquecem de voltar a mergulhar, estacionam, pensam em deixar pra lá e viver apenas suas breves e normais vidas.
Mas...


é como estar com sede, você pode até tomar refrigerante ou suco, porém o que realmente te sacia é a água.

Poderia eu tentar saciar minha sede em todos os poços, mas eu já conhecia a verdadeira água, bem sei eu o que me satifaz. Não consigo me afastar e permanecer longe, por um momento até tentei respirar sem Ele, mas o ar do mundo me sufoca, estou acostumada com a Sua brisa suave, com sua doce repreensão e seu terno amor. Sua cruz me intriga e fascina, como Ele foi capaz? Nada me justifica! Mas Ele me chamou, me atraiu e eu não consigo, é algo mais forte do que eu, ficar longe desse amor é como morrer, tudo começa a perder o sentido.

Experimentar e rejeitar? Não.

Quero ser objetiva, simples, o mundo me cansa, me vicia e me asfixia. Seu amor me quebranta, me transforma, eu não mereço, mas Ele me ensina que sua graça me perdoa e tira de mim toda culpa. Ele me ama! É o que eu preciso lembrar.

Me arrependo ao pensar nos momentos vacilosos, mas meu coração é confortado quando inspiro e expiro, sinto que ainda estou aqui, Ele teve misericórdia, está tendo. Tenho fraquezas, muitas por sinal, preciso ser curada, transformada, preciso de perdão e ajuda, e sei que não estou só. E qual é a diferença entre eu e os que não crêem? Todos vivemos em conflitos e dúvidas, mas eu sei onde encontrar respostas.








































Jeremias 29, 13
E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Se não fosse o Senhor

Última semana de dezembro, você olha para trás e lembra de tudo o que já te aconteceu, faz uma retrospectiva de todos os fatos, desde que fez menção aos "Planos para 2011"; por fim você só pode dizer uma frase:
"Se não fosse o Senhor..."