Pular para o conteúdo principal

Conheça a Cristolândia

No último domingo, nossa igreja recebeu a visita do coral da Cristolândia de Alcântara, RJ. Fomos muito abençoados através da vida deles... Aliás, você conhece a Cristolândia?


A Cristolândia é um programa permanente de prevenção, recuperação e assistência a dependentes químicos e codependentes, que busca a transformação destas vidas por meio do Evangelho de Jesus Cristo, para que sejam livres do vício e aptas a reinserção social e familiar.

Cracolândia de SP. Fonte: Notícias Band
É um programa da Junta de Missões Nacionais que iniciou suas atividades, em julho de 2009,  com abordagem pessoal, oferta de alimentação e corte de cabelo aos que estavam nas ruas, juntamente com uma palavra de esperança e fé, oferecendo encaminhamento para comunidades terapêuticas.  

 Em Março de 2010, foi inaugurada a primeira unidade da Missão Batista Cristolândia. Os serviços prestados expandiram-se, atendendo os usuários com café da manhã, banhos e cultos de adoração ao Senhor Jesus.

Fonte: Notícias Gospel +
Atualmente existem unidades da Cristolândia em regiões de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Distrito Federal, Pernambuco e Bahia.
_________________________________________________
Com certeza, você já teve contato com algum dependente químico (seja familiar, amigo ou mesmo aquela pessoa da rua), sabemos que a vida que eles levam é uma vida de sofrimento, escravidão ao vício e desespero, e não precisa estar nas Cracolândias para estar num estado crítico, só o fato de depender de algo (que não seja Deus) para ser feliz ou preencher seus vazios emocionais já é lamentável e motivo de compaixão e mobilização para nós.

A ordem de amar ao próximo como a nós mesmos, fazer bem aos pobres e necessitados é atualíssima e devia ser tratada com tanta (ou mais) importância quanto a quantia do caixa de muitas igrejas. Se queremos que as pessoas sejam transformadas por Cristo, que a violência, as drogas e os males da sociedade se revelem à luz da graça e justiça de Deus e sejam mudados precisamos de atitudes coerentes ao que dizemos, do contrário não é cristianismo.

Eu sei que nunca acabarão as aflições e sofrimentos do mundo, e que não iremos sair por aí desesperados tentando convencer as nações de qualquer coisa (até porque quem convence não somos nós, mas o Espírito de Deus), mas tenho certeza de que, no mínimo, alguma podemos fazer, como disse Marcela Taís:
"Se ainda há ar, se ainda há vida, então não acabou, ainda há saída."
Lembre-se que a maneira mais importante de colaborar é através da oração (pelos projetos missionários, pelas pessoas que são e serão alcançadas diariamente), você pode procurar o setor de ação social da sua igreja ou cidade e perguntar como pode colaborar (tenho certeza de que não vai faltar serviço! hehe), se há condição para ofertar, oferte, e faça também o seu campo missionário sendo luz para as pessoas que precisam da graça e do amor de Jesus (sua família, amigos, escola, faculdade, trabalho são bons exemplos disso!). Se você se colocar à disposição de Deus, Ele te dará criatividade e total capacidade de fazer algo!

Que Deus abençoe sua vida!
Com amor,
Mari
Coral da Cristolândia de Alcântara - RJ


Ju (esquerda), Bella (de vestido), Poli (no fundo) e Mari (direita)


Pr Raphael, responsável pelo Centro de Formação Cristã em Alcântara
Quer saber mais? Acesse >> Cristolândia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…