Pular para o conteúdo principal

Quando a empolgação vai embora


"Tive meu encontro com Deus, sei que Ele me ama e que preciso seguí-Lo, mas já faz algum tempo e não sinto em mim o mesmo entusiasmo de antes, é como se eu já não me encare como aquela mesma cristã do início da caminhada, segura de mim mesma e decidida apaixonadamente a deixar tudo por Jesus. O que fazer agora? Será que eu continuo ou deixo as coisas como estão? Estou desanimada e não sinto nem vontade de orar ou ler a Bíblia..."

Em algum momento de nossas vidas, isso provavelmente acontecerá com todas (os) nós, se já não aconteceu ou está acontecendo com você. É normal a empolgação do início, quando tudo parece fácil de renunciar e onde vamos sentimos a presença de Deus, mas depois de algum tempo de caminhada começamos a nos sentir um pouco mais cobradas e então não temos mais o mesmo ânimo de antes. Mas não se entristeça ou desanime de caminhar, pois é exatamente aí onde a sua caminhada está realmente começando.
É agora que você começa a se converter de verdade, toda a empolgação que durou um bom tempo foi para que você pudesse se apaixonar por Jesus, pudesse descobrir o quanto é bom pertencer à Ele e Ele permitiu que acontecesse justamente por isso, todos temos e passamos por momentos de deixar tudo por Jesus, mas depois desses meses ou mais, você precisa começar a amadurecer e é aí onde entra o seu deserto, você sente que não tem mais vontade de orar e os três, quatro capítulos que antes você lia diariamente se transformaram em um ou alguns versículos apenas pra não perder o costume ou para não se sentir cobrada por sua consciência, você percebe que caminhar com Deus exige responsabilidade e comprometimento, o que antes também existia mas você não se dava conta por estar anestesiada pela alegria de viver uma vida nova.
Percebe agora que isso não é só com você, mas que muitas e muitos também sentem o mesmo e precisam descobrir a melhor forma de lidar com isso da maneira que Deus quer? O deserto do qual ouvimos falar é necessário e permitido por Deus, acredito que seja Ele mesmo que o coloca em nossas vidas para crescermos e aprendermos a confiar de verdade em quem precisa da nossa confiança. O caminho se tornou mais tortuoso por que nos momentos de empolgação você doou tudo o que tinha pra Deus e Ele te levou a sério, mesmo que você não tenha medido esforços para pensar em como foi ousada ao entregar sua vida ao Deus da Salvação. Não se sinta culpada ou desprotegida, isso é muito mais do que apenas um momento difícil, é o momento em que você aprenderá que não faz nada sem Ele e que você necessita de força pra continuar.
Posso dizer por experiência própria que cada um passa por um momento de deserto em um tempo necessário pra crescer, alguns entendem o que Deus quer mais rápido que outros e para ser bem sincera: eu fui daquelas que demorou demais pra entender, então se já faz muito tempo que você está assim não pense que é mais fraca do que os irmãos e irmãs da igreja que nunca parecem ser abalados. Eu fiquei muito, mas muito tempo sem realmemente me decidir, eu sabia que estava do lado de Deus, mas me sentia sem muito o que fazer pois estava acostumada com tudo em minhas mãos e quando percebi que muito era preciso de mim para que isso viesse a impactar outros acreditei não ser capaz, fui deixando de lado todo o compromisso que havia assumido, até conseguia participar de orações e fazer milhões de promessas a Deus de que tudo seria diferente a partir do momento em que eu chegasse em casa, mas não acontecia como eu havia prometido, quando voltava pra casa, meu coração continuava na mesma e eu não conseguia fechar a porta do meu quarto pra orar e mostrar pra Deus que eu estava voltando aos braços d'Ele. Deus nunca me forçou a ser d'Ele, ninguém me forçou, eu decidi porque experimentei o amor d'Ele, não pense que com você foi diferente, por mais que você diga que foi por causa de um garoto do qual você estava afim que hoje você caminha ou porque toda sua família é da igreja ou por qualquer outro motivo, a verdade é que Deus quis isso pra sua vida, assim como quer para a de todos, alguns não aceitam, mas outros, como você, dizem sim. Foi por livre e espontânea vontade que um dia você abriu o coração e disse através de ações ou palavras: "Deus, eis aqui minha vida! Faça a Tua vontade!". Acredite, você é uma pessoa de grande valor pra Deus e Ele respeita você nesse tempo de reflexão e de voltar ao primeiro amor, Ele aguarda pacientemente que você volte, sei que em muitos momentos Ele, como Pai, não se alegra com atitudes que você toma por estar confusa, mas Ele te respeita sim! Porém, quanto mais tempo você levar para entrar de novo no caminho estreito mais você se acostumará com o mundo e mais se sentirá distante de Deus e mais você sentirá que não sabe mais como fazer para colocar diante d'Ele seus pecados e sua vontade de voltar, é de acreditar que se você continuar assim, um dia deixará Deus de lado, porque se bobear e não O buscar sempre mais nos dias de deserto o Inimigo te tentará mais e mais e então você cederá, é por isso que hoje você pode decidir pelo certo a fazer, isso não é um apelo bajulador ou uma ordem, é um pedido carinhoso de Deus pra você: Volte!
Por Providência Divina, eu me deparei e aceitei a realidade daquilo que estava vivendo através de um post que li em um blog, e hoje você também pode aceitar aquilo que acontece em sua vida e decidir tomar uma decisão de se colocar diante daquele que um dia doou tudo para que você pudesse doar um pouco, mas esse pouco é você por inteira, não deixe o tempo passar sem que você realmente aproveite sua vida, não deixe que os sonhos e projetos que você fez de uma vida em prol da vontade de Deus sejam desfeitos pelo inimigo. Você, somente você decide pela sua sua vida, muitos conselhos (bons ou ruins) são dados, em muitos momentos Deus fala com você e agora é o momento de deixar de desejar apenas o leite e procurar pelo alimento sólido que te trará o sustento necessário. Reserve agora mesmo um momento para falar com Deus e dizer o quanto seu coração se sente aflito por estar assim, mas que isso não te impedirá de mostrar que está disposta a se lanças de volta aos braços d'Ele e viver a vida nova que Ele têm pra você hoje.
Como eu disse no início, é agora que sua conversâo verdadeira começa a acontecer, é agora que você renuncia as menores coisas e se santifica nos mínimos detalhes! Anime-se! O melhor Deus têm pra você!

"Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.
Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta."
Mateus 7: 7 e 8


Fica a dica:
Kisse's
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Se não fosse o Senhor

Última semana de dezembro, você olha para trás e lembra de tudo o que já te aconteceu, faz uma retrospectiva de todos os fatos, desde que fez menção aos "Planos para 2011"; por fim você só pode dizer uma frase:
"Se não fosse o Senhor..."