Pular para o conteúdo principal

Entre Eu & Deus

Às vezes eu preciso parar, respirar fundo pra recomeçar, perceber que eu já tentei progredir sem ter destino para ir, e que isso só resultou em um vazio em meu coração, perceber que de nada vale explodir quando se pode calar e se eu não segurar sua mão, vou apenas afundar. Às vezes eu quis voar, mas ainda não era a hora, era o momento de silenciar para ouvir sua voz me acalmar. Você, que suporta minhas neuras e meus momentos de "deprê", mas quando me olha eu sinto que não dá mais pra voltar (seria tolice te deixar).
Você é meu porto seguro, minha razão de viver, sei que às vezes é difícil e quase não posso suportar, mas você me diz: "Vem cá! Eu não vou te abandonar." Sei que nunca vou entender porque você é tão louco por mim, se eu nada fiz pra merecer esse amor tão grande assim.
Você faz da minha vida uma canção, e eu me perco no refrão, porque é tanta informação para o meu frágil coração. Você é mais do que pensei, mais do que sonhei e muito mais do que imaginei, me sinto envergonhada por não chegar nem aos teus pés sem me derreter. Seu amor chega a me constranger pois tens sempre algo lindo a dizer. Mas você não me deixa escolha, a não ser te amara também e querer abrir a você todo meu interior, eu preciso dar tudo que eu tenho porque eu quero aceitar, viver para sempre assim, sem medo de me doar, ansiando te dar o céu , as estrelas e o infinito, mesmo que tudo isso não se compare ao mais bonito.
E depois d tanto pensar, só chego à uma conclusão, de que tudo que eu posso dizer você já deve saber: Jesus, te amo de coração!!! ^^






Mari...

Comentários

  1. Que poesia linda..
    Adorei....S2

    ResponderExcluir
  2. Olá Yasmin!
    Muito obrigada linda! Deus abençoe!
    Siga o blog também!
    Bjinhoss♥

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!!
Sinta-se livre para expressar sua opinião sobre o que leu aqui, queremos mesmo saber o que você pensa!
Muito obrigada pela visita e pelo comentário!
Deus te abençoe! ♥
DAC

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…