Pular para o conteúdo principal

Me Converti... E Agora??? {15}

"Goticismo Cristão" 

O goticismo é visto freqüentemente com desprezo pela sociedade porque muitas pessoas falsamente o associam com o satanismo, a anarquia, o neopaganismo, rebelião, etc.

Existem góticos que são satanistas, anarquistas, e neo-pagões, estes compõem uma parte do goticismo.

Cruzes e crucifixos são populares entre góticos. Mas a pergunta que fica em nossas mentes é se o goticismo é algo bom ou não, se isso é permitido por Deus ou não e dúvidas relacionadas.

Em primeiro lugar, o que é goticismo? Muitos dizem que as pessoas que usam preto, celebram escuridão e a morte, ou que frequentemente estão deprimidas são góticos. Porém, estas coisas não são necessariamente verdades.

O goticismo tem suas raízes numa tribo germânica, conhecida como "visigodos" que causaram a queda do Império Romano. Muitos destes visigodos rapidamente abraçavam a Fé Cristã e assim o goticismo nunca esteve sem uma porção de pessoas tementes a Deus. "Gótico" também se refere à arquitetura Medieval que estava incorporada à construir igrejas e catedrais.

O termo era pejorativo e usado como um insulto ao estilo de construção (que foi reconhecido depois como muito eloquente e artístico). E também, no século XIX, "gótico" é um rótulo para a escura, tenebrosa, e um tanto misteriosa literatura de autores e poetas como Edgar Allan Poe, Mary Shelley. A subcultura gótica que nós conhecemos hoje foi popularizada nos anos 80 como um agudo contraste ao movimento da discoteca, luminoso e selvagem.

O termo "gótico", como nós usamos agora, foi cunhado pelo empresário de uma banda gótica chamada "Siouxsie Sioux", para descrever o som escuro e sombrio da música deles. Isso expõe outra objeção: o goticismo enfatiza morte, escuridão e sofrimento.

A partir disso, vemos um pouco do que representa o goticismo, agora, se é errado ou certo não posso afirmar com clareza. O que eu deixo como minha opinião quanto ao tema é que cada um tem um estilo e um gosto (Ex.: uns gostam de rock, outros de reggae, uns preferem roxo e outros azul... ) raramente alguém tem os mesmos gostos que outra pessoa, mas quanto aos cristãos, acredito que todos eles tem em comum uma coisa: "Servir e agradar a Deus com tudo o que são.", portanto, é necessário discerir se o estilo que adotamos está de acordo com isso, existem pessoas que se sentem bem usando roupas mais escuras, assim como existem pessoas que preferem roupas floridas, porém, tudo o que é em exagero faz mal, pois começa a nos camuflar e tira a beleza natural que foi a que Deus nos deu, não é errado passar lápis de olho preto ou usar roupas pretas, ter um estilo "gótico Cristão" se esse é o seu gosto, mas antes de arrumar dessa forma, te aconcelho a se olhar no espelho e perguntar: "Será que isso agrada a Deus? Será que esse tipo de roupa, cabelo ou seja o que for está me santificando e levando a santidade que eu preciso transmitir aos olhos de quem me vê?". Se essas perguntas forem respondidas tranquilamente, na certeza de que isso nâo afeta sua vida com Deus e nem seu testemunho, não há porque não se vestir como você se sente bem. Mas, nunca esquecer que tudo isso deve ser com bastante cautela, cuidado para não exagerar e nem agir com ignorância ( "Ah! Eu sou um gótico cristão, mas não ligo para o que os outros pensam porque Deus vê o meu coração!"), Deus vê e conhece sim o nosso coração, mas Ele quer que façamos tudo pensando só no que Ele pensa, nós somos chamados a ser luz para aqueles que precisam e essa luz é, em muitos momentos, transmitida através do nosso testemunho, da nossa maneira de ser, podemos levar muitos a conhecer e se interessar por Deus se o nosso testemunho cooperar com isso! Concluo então com uma passagem que gosto muito que diz: ""Tudo é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo é permitido", mas nem tudo edifica." (1ª Coríntios 10, 23).

Procure também saber o que Deus pensa a respeito disso, Ele deseja ouvir todas as suas dúvidas e ajudá-lo (a) a resolvê-las da melhor forma possivel!

Deus abençoe! ^^
Mari...

*Essa foi a segunda sugestão que a Alice nos mandou, se você também tiver alguma dúvida sobre algum assunto pode mandar como comentário ou por e-mail ( destinadasaoceu@gmail.com ) e faremos o possível para te ajudar!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Eu, eu mesmo e Pedro

Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás.
Em uma conversa casual, refletindo sobre este versículo, algo nos chamou a atenção.  Já ouvimos em muitas aplicações como temos atitudes semelhantes às dos personagens bíblicos, Adão é aquele citado para falar de quem não assume a responsabilidade dos seus atos e sempre joga a culpa em outra pessoa, ou Jonas quando foge do chamado de Deus, ou Moisés que sempre coloca um empecilho para aceitar a missão que Deus lhe confiou... A reflexão de hoje nos aproxima mais uma vez de um personagem bíblico e nos traz algumas lições. Vamos juntos?

Se não fosse o Senhor

Última semana de dezembro, você olha para trás e lembra de tudo o que já te aconteceu, faz uma retrospectiva de todos os fatos, desde que fez menção aos "Planos para 2011"; por fim você só pode dizer uma frase:
"Se não fosse o Senhor..."