Pular para o conteúdo principal

Esperando o pior acontecer

 Quantas vezes você já se pegou viajando, pensando em nada ou perdendo tempo quando na verdade deveria estar orando, louvando ou lendo a Bíblia?
 Já perdi a conta do quanto isso ocorre comigo! É como se eu estivesse apenas deixando tudo ser arrastado pela correnteza, apenas esperando o pior acontecer...



O pior a que me refiro não é uma catastrofe natural ou o fim do mundo, mas sim a decadência espiritual da qual somos tentados a nos render todos os dias, a preguiça, a falta de cuidado e carinho com a vontade de Deus em nossas vidas, o nosso desleixo com tudo que é mais sagrado. É errado ou pecado não sentir vontade de orar? O amor de Deus por mim vai diminuir se eu não sentir vontade de ler a Bíblia ou de adorar a Ele?
Não, a resposta é não, pensamentos de fraqueza não inspirados por Deus podem vir a nos atormentar todos os dias e o amor de Deus não têm medida, Ele nunca nos amará mais ou menos, por que seu amor não tem tamanho, nem largura ou altura, não pode ser comparado a nada, é o amor mais que necessário. O pecado acontece quando você dá forma a esses desejos, quando você deixa que eles se tornem realidade, quando fazer qualquer outra coisa se torna mais importante ou necessária.
Como me vejo propensa a cair! Como sou fraca!
Mas nada vai acontecer se eu não der o primeiro passo, ninguém pode fazer a oração que eu deveria estar fazendo, ninguém pode aprender sobre a Bíblia por mim, ou adorar a Deus em meu lugar, cada um de nós já tem seu lugar diante de Deus e esse lugar não pode ser ocupado por outra pessoa. Mas, como não somos eternos aqui na Terra, o correto a fazer é não perder tempo, não desperdiçar nossas vidas, não esperar estar na sombra do fundo do poço para tentarmos nos levantar, porque quanto mais profunda é a queda, mais difícil é para nos levantarmos, e se quisermos nos levantar sozinhos, aí é que nos afundamos mais, porque buscar solução com nossas próprias forças não adianta.
Jesus quer fazer isso junto comigo, junto com você, mas o primeiro passo depende de uma só pessoa e essa não é Ele, essa sou eu, essa pessoa é você. Não espere o pior acontecer, não espere ter que passar por momentos desesperadores ou difíceis para doar o seu melhor para Deus. Pode ser que quando isso vier a acontecerjá não dê mais tempo, não espere Jesus voltar para querer fazer algo para Ele, converse com Ele hoje mesmo, diga o quanto você precisa que Ele te ajude em todas as coisas e te ensine a tomar as decisões certas, então procure as respostas na Bíblia, somente ela tem a direção certa para a sua vida! ^^
Blz?! rsrs


Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Isaías 55:6

Que Deus possa te abençoar muito!
Beijos
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…