Pular para o conteúdo principal

Deus se importa???

A paz do Senhor queridos!
Como vão hoje? Aqui em Pinda tá uma chuvinha tão gostosa.... rsrs

Você já ouviu em alguma mensagem o pregador dizendo que quando você sai da presença de Deus, Ele chora feito uma criança querendo que você volte, ou que Deus precisa de você e tantas coisas do tipo. Mas será que Deus realmente se importa? Será que Ele está interessado no que você faz ou deixa de fazer, perto ou longe de Sua presença?


Olha, na verdade, esse lance de que Deus chora inconsolado por você é puro romantismo, Deus é Deus, no céu Ele tem seu anjos que O adoram perfeitamente 24horas por dia, então não é a falta da sua adoração que O fará entrar em desespero.
Mas então, Deus se importa com as suas quedas ou deslizes? Sim, Ele se importa, pois Ele é seu Pai, e deseja que você esteja firme nEle. Ele mesmo já demonstrou essa "preocupação" diversas vezes na Bíblia, nos orientando a vigiar, tomar cuidado com o mundo cruel que quer apagar a nossa fé ('Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;' 1 Pedro 5:8).
Mas isso não significa que Deus esteja desesperado; nos dias em que vivemos, estamos acostumados a ouvir que Deus apenas faz por nós e ouve nossas súplicas e as atende, como se Ele fosse nosso servo. Deus ouve sim, mas cumpre a vontade dEle em nossas vidas, nós é que precisamos adorá-Lo, nós é que nos enfraquecemos e corremos o risco de nos desesperarmos se ficarmos distantes de Deus.
Tome a atitude de adorar a Deus, de vigiar para não sair da presença dEle e não acabar deixando de lado aquilo que aprendeu e ter que voltar para Deus firmado em pensamentos errados de que Deus está depressivo sem Você. Se você não O adorar, Ele tem outros que façam isso, mas saiba que você sem Deus não é nada, tem uma vida vazia e sem sentido, porque é somente Deus quem pode te fortalecer, ajudar e confortar, é somente Ele quem vai estar sempre do seu lado e em quem você pode confiar sem medo.
Portanto, não queira buscar a Deus por aquilo que ele faz, mas por aquilo que Ele é: Um Deus lindo que teve tanto amor por cada um de nós que entregou seu Único filho para sofrer por nós e nos mostrar que ainda existe um céu preparado para mim e para você!

Assista agora um teatro de 5 min que fala sobre quem nós somos diante de Deus. Vale a Pena!

Deus abençoe!
Bjoos
Mari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Cartas para o coração: Quando se sentir sozinha...

Estou há um mês e meio morando fora de casa. Tenho 20 anos e isso nunca aconteceu antes, era difícil conseguir permissão para dormir na casa "dazamigas", então morar em outro estado foi um divisor de águas na minha casa, minha família e minha vida! Sou do interior de São Paulo e precisei me mudar para a capital do Rio de Janeiro para estudar no Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (atual Faculdade Batista do Rio de Janeiro). Até chegar onde estou muitas coisas aconteceram e, se Deus quiser, um dia contarei com mais detalhes para vocês! Ainda estou num tempo de adaptação e com certeza sou um bebê no quesito "experiência", é cedo pra falar do que estou começando a aprender! Hoje, porém, gostaria de falar o que eu gostaria de ouvir antes de vir pra cá e mesmo antes de qualquer situação em que eu me sentiria sozinha mesmo no meio de tantas pessoas, sem propósitos mesmo com tantas responsabilidades. 

A Cabana - A Perda da Arte do Discernimento Cristão

"O mundo editorial vê poucos livros atingirem o status de "sucesso". No entanto, o livro A Cabana, escrito por William Paul Yong, superou esse status. O livro, publicado originalmente pelo próprio autor e dois amigos, já vendeu mais de dez milhões de cópias e já foi traduzido para mais de trinta idiomas. É, agora, um dos livros mais vendidos de todos os tempos, e seus leitores estão entusiasmados.

De acordo com Young, o livro foi escrito originalmente para seus próprios filhos. Em essência, ele pode ser descrito como uma teodicéia em forma de narrativa – uma tentativa de responder à questão do mal e do caráter de Deus por meio de uma história. Nessa história, o personagem principal está entristecido por causa do rapto e do assassinato brutal de sua filha de sete anos, quando recebe aquilo que se torna uma intimação de Deus para encontrá-lo na mesma cabana em que a menina foi morta.
Na cabana, "Mack" se encontra com a Trindade divina, onde Deus, o…