Pular para o conteúdo principal

Deus Não é Reciclável


“Eu sou Javé, e não mudo. Vocês, ao contrário, filhos de Jacó, vocês não se definem. Desde o tempo dos seus antepassados, vocês se afastam dos meus estatutos e não guardam os meus decretos. Voltem para mim, que eu também voltarei para vocês!” (Malaquias 3, 6-7)
É com muita alegria que estou falando com vocês, estava ansiosa para postar mais uma vez.
Enquanto faço minhas orações muitas inspirações de posts vêm em meus pensamentos, procuro estar sempre atenta ao que falo nessas orações, porque muito disso se torna postagem, às vezes estou pensando e em um estalo surge algo, então eu falo comigo mesma: “Nossa! Isso poderia virar um post!”. É... às vezes é rápido assim! Às vezes não.
Mas o que surgiu como parte de uma das minhas orações foi justamente o título da postagem de hoje, estava lá orando, tranquila quando falei: “Deus, não quero que o Senhor seja reciclável na minha vida!”. Percebo que na vida de algumas pessoas é assim e decidi não fazer também dessa forma. Já ouvi falar sobre a questão de as pessoas transformarem Deus em um Pronto Socorro, aonde vão quando estão doentes, mas depois que as coisas se acertam nunca mais voltam ou só retornam quando o bicho volta a pegar. Fazer do Senhor um Deus reciclável é quase a mesma coisa, você usa como e quando convém, é igual garrafa pet, primeiro é de refrigerante, depois que ele acaba você pode usar para um trabalho de escola, vaso de plantas... Ou sei lá! Mas vai sendo como se você fizesse o que bem entende, com Deus não pode ser assim, primeiro porque por mais que tentemos amoldá-Lo aos nossos caprichos e às nossas vontades não vamos conseguir, pois Ele não é reciclável e segundo porque nós é que somos, pense bem: Éramos usados pelo mundo e pelas coisas do mundo para promover o pecado, então depois que Cristo entrou em nossa vida deixamos nossa utilidade mundana para sermos algo melhor e que faz bem para os outros (algo que preserva o meio ambiente! rsrs).
A Sagrada Escritura diz: “Não se amoldem às estruturas deste mundo, mas transformem-se pela renovação da mente, a fim de distinguir qual é a vontade de Deus: o que é bom, o que é agradável a ele, o que é perfeito.” (Romanos 12, 2). Se o Senhor inspirou Paulo a nos instruir sobre isso por que muito de nós ainda insistem em querer tomar o lugar de reciclador que já é do Espírito Santo? Isso não é coerente. Coloquemo-nos em nosso lugar para que aquele que começou a boa obra em nossa vida possa aperfeiçoá-la e no dia de sua vinda concluí-la (Filipenses 1, 6). Ok?!
“Quem deixa Deus ser Deus vê melhor aquilo que os olhos nãos podem ver.” (Pitter di Laura).

Comentários

  1. A paz do Senhor Jesus amada. Estou presenteando seu blog com o selo “Este blog faz a diferença”.
    Passe lá no blog, pegue o seu selo e divulgue no seu blog! http://jovensunindoforcas.blogspot.com/2011/03/este-blog-faz-diferenca.html
    Espero que seu blog alcance outras pessoas assim como me alcançou! Que Deus te abençoe =)

    ResponderExcluir
  2. Oi amei seu blog.
    Sou coroinha já faz 4 anos
    Queria saber como que você criou esse template
    eu tentei baixar o photo shop e ão consegui.

    ResponderExcluir
  3. Olá JUF! Brigadss querida!
    Amei o selo!
    ___________________________♥
    Olá Fran!
    O template eu mesma criei no "PhotoScape" e a imagem de fundo eu baixei de um site da net.
    Espero ter ajudado e obrigada pelo elogio! Deus abençoe!
    ___________________________♥

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!
    A Paz!
    Adorei a postagem e o titulo ficou otimo!
    ah...engraçado, muitos dos post lá do T.A. surgem em meio as minha orações, é como c disse, num estalar de dedos, Pooh: Temos um tema, mais nem sempre é assim. muitas vezes antes de dormir, aliás quando estou deitado, minha cabeça fervilha de tantas ideias para o Blog, é muito legal, rsrsrs!
    Deus te abençoe!
    #FUI
    =D

    ResponderExcluir
  5. éh Felype! éh assim mesmo! rsrs
    Muito obrigada pelo comentário!
    Deus abeçoe! =)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!!
Sinta-se livre para expressar sua opinião sobre o que leu aqui, queremos mesmo saber o que você pensa!
Muito obrigada pela visita e pelo comentário!
Deus te abençoe! ♥
DAC

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

Cartas para o coração: Quando se sentir sozinha...

Estou há um mês e meio morando fora de casa. Tenho 20 anos e isso nunca aconteceu antes, era difícil conseguir permissão para dormir na casa "dazamigas", então morar em outro estado foi um divisor de águas na minha casa, minha família e minha vida! Sou do interior de São Paulo e precisei me mudar para a capital do Rio de Janeiro para estudar no Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (atual Faculdade Batista do Rio de Janeiro). Até chegar onde estou muitas coisas aconteceram e, se Deus quiser, um dia contarei com mais detalhes para vocês! Ainda estou num tempo de adaptação e com certeza sou um bebê no quesito "experiência", é cedo pra falar do que estou começando a aprender! Hoje, porém, gostaria de falar o que eu gostaria de ouvir antes de vir pra cá e mesmo antes de qualquer situação em que eu me sentiria sozinha mesmo no meio de tantas pessoas, sem propósitos mesmo com tantas responsabilidades. 

A Cabana - A Perda da Arte do Discernimento Cristão

"O mundo editorial vê poucos livros atingirem o status de "sucesso". No entanto, o livro A Cabana, escrito por William Paul Yong, superou esse status. O livro, publicado originalmente pelo próprio autor e dois amigos, já vendeu mais de dez milhões de cópias e já foi traduzido para mais de trinta idiomas. É, agora, um dos livros mais vendidos de todos os tempos, e seus leitores estão entusiasmados.

De acordo com Young, o livro foi escrito originalmente para seus próprios filhos. Em essência, ele pode ser descrito como uma teodicéia em forma de narrativa – uma tentativa de responder à questão do mal e do caráter de Deus por meio de uma história. Nessa história, o personagem principal está entristecido por causa do rapto e do assassinato brutal de sua filha de sete anos, quando recebe aquilo que se torna uma intimação de Deus para encontrá-lo na mesma cabana em que a menina foi morta.
Na cabana, "Mack" se encontra com a Trindade divina, onde Deus, o…