Pular para o conteúdo principal

Decisão Inteligente!

"O ministro pregou que o discípulo de Jesus precisa seguir os passos dele: obediência, fé, amor e imitação. Mas não ouvi explicação para esses passos, principalmente o último. O que seria seguir os passos de Jesus? [...] Fico confuso quando vejo tantos cristãos vivendo com conforto e cantando "Tudo, ó Cristo, a ti entrego/ Tudo, sim, por ti darei". [...] Os membros de igrejas grandes têm dinheiro para luxos enquanto os que estão fora morrem em cubicúlos sórdidos e andam pelas ruas à procura de trabalho, vivendo na miséria, na embriaguez e no pecado."
Trecho do livro: Em Seus Passos Que Faria Jesus?

Fui imensamente atingida por palavras assim, como posso ficar imóvel diante de tantas desigualdades ou tanto aproveitamento do poder? Mas, então,  penso: "Como é que eu, uma adolescente que nada pode realizar de grande, pode fazer a diferença?" Vi em algum lugar uma vez que a mudança acontece de dentro para fora e que a verdadeira e eficaz mudança não acontece de uma hora para outra, mas lentamente e com perseverança. Me apoiando então nesses princípios percebo que nunca vou conseguir mudar totalmente o mundo ao meu redor, pórem, posso mudar o meu mundo, à partir das minhas atitudes, diante de tudo posso me perguntar "O Que Jesus Faria?" e à partir das respostas decido como agir, existem momentos em que as respostas não vem da maneira como eu gostaria que viessem, mas acredito que sejam da maneira como Jesus agiria.
Hoje faço um convite à você... que tal entrar nessa também e se perguntar sempre "O que Jesus faria?", aos poucos você verá que o sacrífio por fazer a vontade de Deus se tornará prazeroso por ter a certeza de um céu que te espera após tudo isso. A cada desafio superado você entenderá que se renunciar por causa de Jesus não se compara à vida relaxada e confortavelmente pecadora de outrora.

"Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas." (1 Pedro 2:21)

Deus abençoe!

Comentários

  1. Concordo com voce ..muito bouum.
    Deixei a resposta la.obrigada

    ResponderExcluir
  2. Mari!
    A Paz!
    Otimo, topo o convite, e com luta e perseverança, mudaremos o mundo!
    Fica com Deus!
    =D

    ResponderExcluir
  3. ObrigadA!!!
    É isso aí! Vamos buscar com força a santidade que nos levará ao céu! ♥
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!!
Sinta-se livre para expressar sua opinião sobre o que leu aqui, queremos mesmo saber o que você pensa!
Muito obrigada pela visita e pelo comentário!
Deus te abençoe! ♥
DAC

Postagens mais visitadas deste blog

A menina da casa de Naamã

Olá meus queridos e minhas queridas!
A paz do Senhor!


A história de Naamã eu já conhecia, mas depois de ler mais uma vez notei algo que ainda não havia percebido.

A conversão de C. S. Lewis

Você, provavelmente, já ouviu falar no autor de "As Crônicas de Nárnia". Eu também, desde que conheci um pouco mais sobre ele, tive curiosidade em saber se ele era ateu ou cristão, pois (para bons entendedores) as Crônicas de Nárnia trazem uma mensagem com muitos valores cristãos, mas também contém muitas características duvidosas quanto ao que a história realmente quer transmitir. Então fiquei naquele impasse: Será  que é? Será que não é?

Hoje, decidi procurar um pouco mais sobre a vida dele e sanar minhas dúvidas. Agora quero compartilhar com vocês! Espero que gostem! =D

Muita emoção, nenhuma conversão

A paz do Senhor meus queridos!
Como estão?
_______________________________________

Ao abrir meu painel do blogger hoje me deparei com uma atualização de um dos blogs que sigo, onde a notícia falava sobre uma apresentadora de um programa de televisão que chorou ao ouvir uma música de uma cantora evangélica, que enquanto a cantora fazia sua apresentação a moça ficou muito emocionada e a cantora também, enfim, vocês devem saber quem é.
Então decidi postar sobre isso hoje, falar um pouco sobre o emocionalismo extremo de muitos que se dizem cristãos, mas que após seus momentos maravilhosos na presença de Deus, simplesmente voltam à suas vidas normais. O que realmente deveria acontecer depois de uma emocionante noite de culto ou oração? Por que tantas pessoas choram, pulam, gritam, dançam, sapateiam ... Mas depois disso não há sequer um sinal de mudança na vida delas? Será que chorar ao ouvir lindos louvores significa algo? E se eu não chorar? Quer dizer que não estou sentindo a presença de…